O público não sabe que a ciência publicada por pares indica que exposições à radiação sem fio podem causar câncer, alterar o desenvolvimento cerebral e danificar o esperma.

É comum utilizarmos em nossos lares a internet, embora esse hábito seja aparentemente inofensivo, a radiação da tecnologia é considerada perigosa, pois está associada a dores de cabeça, alterações hormonais, problemas de memória e problemas de sono.

É difícil ter que abdicar disso, mas muitas pessoas tem rejeitado a nova tecnologia e permanecendo apenas no 4g com conexão diretamente via cabo, de acordo com especialistas, o meio mais seguro para se utilizar a rede. Isso porque a tecnologia sem fio nunca foi testada para segurança a longo prazo décadas atrás, quando a tecnologia foi introduzida pela primeira vez.

Um artigo de revisão sobre o #5 G publicado na environmental Research vai ainda mais a fundo, conclui que as evidências científicas atuais apoiam a conclusão de que a radiação de radiofrequência de telefone celular e sem fio (RFR) é causadora de câncer.

É importante ressaltar que as crianças são mais vulneráveis a essa radiação e que as evidências científicas acumuladas mostram efeitos nocivos.

Por isso é bom tomar cuidado com que colocamos em nossas casas, a vezes é melhor manter uma vida um pouco menos cibernética e cuidar melhor da família.

* artigo adaptado do site: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0013935118303475

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:

Pular para a barra de ferramentas